São Tomé Film Lab 2021

O São Tomé Film Lab (STFL) é um programa sem fins lucrativos, que promove jovens talentos e profissionais santomenses que trabalham na indústria cinematográfica e audiovisual como produtores de ficção e documentários. Promove a capacitação dos talentos nacionais e conexão com redes profissionais do resto do mundo. Deste modo, o São Tomé Film Lab pretende reforçar o conhecimento dos produtores emergentes, construir relações entre profissionais e promover parcerias para financiar, produzir e distribuir obras audiovisuais em São Tomé e Príncipe, (nomeadamente, através da sua exibição no Festival Internacional de Cinema - São Tomé Fest Film), no espaço lusófono (pela proximidade da língua), no espaço francófono (nomeadamente, países da África Central), e o resto do mundo.

REGULAMENTO

No âmbito da primeira edição do São Tomé Film Lab, que decorrerá de 06 a 19 de Dezembro de 2021, é lançado um convite à apresentação de projetos para jovens autores, produtores e realizadores de São Tomé e Príncipe. Nesta primeira edição, somente serão admitidos projetos de curta-metragem (ficção e documentário), com duração até 15 minutos. O filme de curta-metragem deve apresentar uma visão original que foque a realidade social e cultural de São Tomé e Príncipe ou da sua diáspora. Os projetos cujos temas abordem questões como o abuso sexual de menores, as mudanças climáticas, conservação da natureza, proteção das florestas, violência doméstica, feminicídio, consumo abusivo de álcool e drogas, gravidez precoce, entre outros, têm automaticamente 1 ponto suplementar.

BENEFICIÁRIOS

Podem apresentar candidaturas de projetos, realizadores/as de nacionalidade santomense (mesmo se residentes no estrangeiro) associados ou não, a entidades produtoras com sede em São Tomé e Príncipe.
A convocatória de projetos dirige-se diretamente a homens e mulheres entre os 18 e 35 anos de idade motivados e apaixonados pelo cinema, mas que não têm a oportunidade de desenvolver um projeto de qualidade. O objetivo é selecionar 10 projetos, sendo, 5 de jovens do género feminino e 5 de jovens do género masculino. Os candidatos selecionados serão treinados na escrita, produção e distribuição dos seus respetivos projetos e nos fundamentos da co-produção internacional. No final da residência, os realizadores continuam a trabalhar na produção dos seus projetos com acompanhamento e apoio financeiro do STFL.

O PROGRAMA

O programa do STFL integra duas fases:

PRIMEIRA FASE

Os autores dos projetos selecionados são convidados para uma residência artística de 15 dias em São Tomé. Durante a residência, poderão trabalhar intensamente nos seus projetos sob o olhar crítico dos peritos presentes, a fim de chegarem a projetos de filmes realizáveis. Os detentores de projetos beneficiarão de um reforço de capacidades sobre as técnicas de escrita de guião (storytelling), sobre estratégias de produção e co-produção, e técnicas de pitch.
Ainda nesta fase, os titulares do projeto terão master classes com realizadores e produtores experientes que serão convidados a falar sobre as suas experiências: a particularidade do seu projeto, a sua abordagem à produção, financiamento ou o sucesso do seu filme a nível local ou mesmo internacional.

SEGUNDA FASE

Após a residência, os realizadores beneficiam de um acompanhamento sobre a evolução dos seus projetos. Receberão feedback dos nossos especialistas. O STFL irá monitorar o progresso de cada projeto após a residência. Assim que a fase de desenvolvimento de cada projeto for concluída, segue-se então a fase de pré-produção, produção, pós-produção e distribuição.

DOSSIER DE CANDIDATURA

As candidaturas devem incluir os seguintes elementos:
  • Carta de motivação indicando a necessidade de participar no São Tomé Film Lab (máximo 1 página)
  • Sinopse (máximo 300 palavras)
  • Declaração de intenções do(a) realizador(a) (máximo 1 página)
  • Curriculum vitae do(a) realizador(a)
  • Orçamento detalhado do projeto (em dobras)
  • Calendário de Produção
  • Uma fotografia do(a) realizador(a)
  • Um vídeo de no máximo 3 minutos, filmado com telemóvel (com som audível) no qual o /a realizador/a descreve a sua motivação para o projeto. Este vídeo deve ser colocado no youtube, vimeo ou outra plataforma online e enviado o link e passwords para visionamento. Este vídeo poderá ser utilizado pelo STFL como material promocional.
A candidatura deve ser submetida como um único ficheiro PDF com o título do projeto e enviada por e-mail para: info.teladigital@gmail.com o mais tardar até à meia-noite do dia 10 de Novembro de 2021.
Os pedidos de informações ou esclarecimento de dúvidas podem ser enviados para info.teladigital@gmail.com.

Prémio Yaoundé Film Lab

Prazo: 31 de Dezembro 2021
No âmbito de uma parceria entre o São Tomé Film Lab e o Yaoundé Film Lab, o STFL lança o Prémio Yaoundé Film Lab com o objetivo de selecionar um projeto de longa-metragem. O projeto selecionado participará numa residência artística, que decorrerá de 20 a 29 de Abril de 2022, em Yaoundé – Camarões.
Cada projeto deve ser submetido por um(a) realizador(a) e o(a) seu/sua produtor(a). Os projetos submetidos devem estar na fase de desenvolvimento. Os portadores do projeto selecionado devem obrigatoriamente estar disponíveis para participar na residência artística. Os candidatos devem falar francês ou inglês. Só é permitida a submissão de um projeto por candidato.

O PROGRAMA

O programa do Yaoundé Film Lab integra três fases:

PRIMEIRA FASE

Os projetos selecionados beneficiarão de um primeiro acompanhamento à distância de cerca de 3 meses antes da residência artística através da plataforma www.lafaaac.com .

SEGUNDA FASE

Os portadores do projeto selecionado são convidados para 10 dias de residência em Yaoundé. Durante a residência, poderão trabalhar profundamente no seu projeto sob o olhar crítico de especialistas. Terão também encontros de trabalho com produtores, responsáveis de fundos para o cinema, distribuidores, transmissores, cadeias de televisão, etc.

TERCEIRA FASE

Após a residência, os portadores do projeto beneficiarão de um acompanhamento da evolução do seu projeto.

DOSSIER DE CANDIDATURA

O dossier de candidatura deve ter os seguintes elementos:
Para projetos de longa-metragem (ficção, animação e documentário):
  • Carta de motivação indicando a necessidade de participar no Yaoundé Film Lab
  • Sinopse (1/2 páginas)
  • Tratamento (10 páginas máximo)
  • Nota de Intenções do Realizador (2 páginas máximo)
  • Nota de Intenções do Produtor (2 páginas máximo)
  • CV do Realizador + fotografia
  • CV do Produtor + fotografia
  • Orçamento detalhado do projeto (em dobras e em euros)
  • Apresentação da produtor
  • Link Vimeo ou Youtube do último filme do realizador ou do produtor
  • Elementos visuais para os projetos de filmes de animação
  • Calendário de Produção
Para projetos de série (ficção, animação e documentário):
  • Carta de motivação indicando a necessidade de participar no Yaoundé Film Lab
  • “Bíblia” do projeto (conceito, personagens, arco,
  • Sinopse dos 3 primeiros episódios
  • Tratamento (10 páginas máximo)
  • Nota de Intenções do Realizador (2 páginas máximo)
  • Nota de Intenções do Produtor (2 páginas máximo)
  • CV do Realizador + fotografia
  • CV do Produtor + fotografia
  • Orçamento detalhado do projeto (em dobras e em euros)
  • Apresentação da produtor
  • Link Vimeo ou Youtube do último filme do realizador ou do produtor
  • Elementos visuais para os projetos de filmes de animação
  • Calendário de Produção

Formadores

Samira Vera-Cruz

Samira Vera-Cruz
Realizadora

Premiada realizadora e editora cabo-verdiana, formada em estudos cinematográficos com especialização em comunicação internacional pela American University of Paris em 2013...
Saiba mais

Nilton Medeiros

Nilton Medeiros
Realizador

Realizador, editor e repórter de imagem. Licenciado em Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia com especialização em produção e realização cinematográfica e televisiva...
Saiba mais

Welket Bungué

Welket Bungué
Ator

Ator, performer, guionista, realizador, autor, guineense de “etnia balanta” Welket Bungué, nasceu em 1988 e é membro permanente da Academia Portuguesa de Cinema e da Deutsche Filmakademie...
Saiba mais

Luísa Sequeira

Luísa Sequeira
Realizadora

Investigadora e realizadora portuguesa. Faz curadoria de cinema, trabalha em diferentes plataformas, como, vídeo, filme e fotografia, explorando as intersecções do cinema e dos media emergentes.
Saiba mais

Ângelo Torres

Ângelo Torres
Ator

Ator premiado, storyteller e realizador santomense. Nasceu em 1968 na Guiné Equatorial. Protagonizou o filme "A Ilha dos Cães" ao lado da atriz brasileira Vanessa Giácomo...
Saiba mais

Hamilton Trindade

Hamilton Trindade
Realizador

Nasceu em São Tomé e Príncipe em 1983. Fez o curso de Técnico de Produção Agrária e licenciou-se em Novas Tecnologias da Comunicação, (Universidade de Aveiro). É presidente da ASSECOM-CA...
Saiba mais

Emilia Wojciechowska

Emilia Wojciechowska
Produtora

Polaca, licenciada em Direito com formações em direitos humanos. Trabalhou numa associação que presta apoio jurídico aos refugiados. Gestora de projetos audiovisuais e produtora...
Saiba mais

Katya Aragão

Katya Aragão
Realizadora

Nasceu em São Tomé e Príncipe em 17 de Janeiro de 1986. Realizadora, guionista e produtora. Licenciou-se em Ciências da Comunicação e Cultura – Comunicação e Jornalismo...
Saiba mais

Enerlid Franca e Lagos

Enerlid Franca e Lagos
Produtor

Produtor nato, tendo estreado em 2013 com o TEDxSãoTomé e depois nunca mais parou. Em 2017 produziu “Joss Stone” e a primeira edição do "Gravana Soul Festival"...
Saiba mais

Nossos parceiros

PRODUÇÃO

CO-ORGANIZADORES

PARCEIROS

FINANCIAMENTO

APOIO À COMUNICAÇÃO

Contacte-nos

Os pedidos de informações ou esclarecimento de dúvidas podem ser enviados para info.teladigital@gmail.com